Avanço da medicina: entenda como ocorreu ao longo do tempo

O avanço da Medicina está diretamente ligada à história humana, que sempre buscou a cura de doenças e o bem-estar.

Para que essa evolução ocorresse, diversos filósofos, físicos e outros pesquisadores da antiguidade contribuíram para que as técnicas da medicina se modernizassem, chegando ao modelo de hoje em dia.

Nesse sentido, preparamos este artigo para mostrar como se deu a evolução e os avanços da medicina ao longo dos anos.

Boa leitura!

A evolução da medicina

Avanço da medicina nada mais é do que as novas tecnologias que foram surgindo no Brasil e no mundo.

Tais tecnologias são aplicadas em todo o setor de medicina para identificar e prevenir doenças; o tratamento de casos mais difíceis bem como para aumentar a eficiência dos serviços de saúde.

Tais inovações chegam em todos os procedimentos, ou seja, vão desde o ingresso do paciente nos hospitais e clínicas, passando pelos exames laboratoriais e chegando ao diagnóstico e tratamento do mesmo.

Dessa forma, alguns avanços da medicina são:

Como e quando surgiu a Medicina no mundo?

avanco da medicina medicos conversando tablet

A medicina já existe desde os primórdios da civilização humana, ou seja, ela existe desde as comunidades mais primitivas, e diversas vezes ela se misturava com as crenças das pessoas, como magia e religião.

Isso se deu pelo fato de que sempre existiu a necessidade de se achar a cura para as doenças e lesões.

Por isso, logo abaixo listamos alguns povos antigos e suas técnicas para cuidar da saúde.

Babilônios

Os povos babilônios são uns dos primeiros que se tem notícias no mundo.

Sua cultura dizia que as doenças eram um  castigo dos deuses, por exemplo, eles acreditavam que os transtornos mentais eram algum tipo de possessão demoníaca.

Por isso que trabalhava para curar tais doenças eram os sacerdotes religiosos.

Assim, o tratamento era realizado por eles através de alguns ritos religiosos, e por isso não se tem muitos registros relacionados à Medicina daquela época.

Entretanto, eles anotavam quais eram os processos para o tratamento de alguns sintomas.

Desse modo, é possível dizer que com tal prático começou  a noção de prognóstico, pois era feita uma avaliação bem detalhada sobre os sintomas do paciente.

E eles faziam o tratamento através da manipulação de ervas, misturas de produtos de origem animal, entre outros.

Egípcios

Quanto aos povos egípcios, eles também diziam que as doenças eram causadas pela ira dos deuses contra as pessoas.

Por esse motivo, o tratamento das doenças também era realizado por meio de rituais religiosos.

Eles inclusive se preocupavam em cuidar da saúde mesmo após a morte, por isso faziam diversos procedimentos para que seu corpo continuasse íntegro, por meio do processo de mumificação.

Hindus

Os os procedimentos usados pelos povos hindus são utilizados até os dias de hoje por muitas pessoas.

Mas, mesmo assim, os povos hindus também associavam o tratamento das doenças a alguns rituais, levando em consideração a sua crença.

Mas, como dito, a medicina utilizada pelos hindus é muito importante para que possamos entender os efeitos que a idade avançada causa sobre o corpo humano.

Isso porque, eles acreditavam que o corpo já estava adoecendo bem antes dos sintomas aparecerem.

Hebreus

O povo de Israel acreditava na existência de um único Deus, e ele era responsável tanto pela saúde quanto pela doença.

Dessa forma, os  médicos hebreus eram responsáveis somente pela supervisão das regras de higiene social.

Agora, todo o grande conhecimento anatômico deles foi devido à dissecação dos animais que eram sacrificados.

Evolução da Medicina

Historicamente, a Medicina foi atribuída ao grego Hipócrates, pois ele estudou muito sobre os sintomas de doenças bem como a sua evolução nos pacientes.

Assim ele descobriu as bases teóricas de investigação das doenças relacionadas com problemas físicos na Grécia Antiga.

Ele contestava abertamente as correntes filosóficas que se baseiam na seguinte hipótese: somente os deuses podiam determinar as causas de todas as doenças. Por esse motivo é considerado um dos principais críticos da medicina moderna.

Por causa do seu empenho para catalogar e estudar as doenças, as áreas da Medicina  se transformaram em uma atividade dos homens e não dos deuses.

Entretanto, a medicina teve muitos avanços com a civilização egípcia, a qual é anterior a Hipócrates, graças à possibilidade da mumificação de faraós.

Tal técnica para preservar os corpos possibilitou que avanços importantes na pesquisa sobre o corpo humano acontecessem.

Isso porque, os estudos feitos com mais afinco tinham a finalidade de desvendar como a anatomia humana funcionava.

Quinhentos anos depois de Hipócrates, mas no período da Antiguidade ainda, o filósofo grego Galeno contribuiu para a evolução da Medicina.

Ele morava em Roma e defendia o estudo bem como a observação do meio ambiente e a relação existente entre os seres humanos, para dessa forma conseguir identificar o que causava as doenças relacionadas a problemas físicos.

Galeno escreveu mais de 400 livros, onde 70 deles eram dedicados à Medicina, criando, dessa forma, parâmetros para as pesquisas que foram realizadas nos anos seguintes.

Entretanto, depois de Galeno, as pesquisas e filosofias relacionadas a área da medicina ficaram paradas por muito tempo, principalmente pelo fato de a Igreja Católica ter condenado os estudos relacionados à medicina.

Já durante os séculos V e XV, no período da Idade Média, a Europa desenvolveu os primeiros medicamentos para tratar algumas doenças.

Nesse período eram realizadas cirurgias para os casos em que existia risco de morte para o paciente, pelo fato de que tal procedimento não era considerado seguro.

Isso se dava pelo fato de a infraestrutura não ser segura, faltar conhecimento e a higiene não ser adequada.

A situação era tão difícil e preocupante que os barbeiros  realizavam as cirurgias, com os equipamentos que usavam no seu  trabalho.

Já em meados do século XVI iniciaram os testes de laboratório, sendo realizados de uma forma mais profunda, devido aos avanços relevantes para a fisiologia e também anatomia.

No século XVII, William Harvey marcou a evolução da Medicina ao descobrir o sistema circulatório do sangue, sendo um fato muito relevante, pelo fato de que ele modificou os conceitos de anatomia, além de introduzir outras ciências para apoiar a Medicina, como a Farmácia e a Biologia.

No século XIX, os avanços na Medicina foram ainda maiores devido a invenção do microscópio acromático, pois a partir desse ponto foi possível identificar as bactérias que causavam alguns tipos de doenças.

A evolução da Medicina em todo o mundo foi ainda mais nítida durante o século XX, pelo fato de que houve um grande avanço tecnológico, que permitiram a criação de equipamentos para diagnosticar as doenças, equipamentos esses que serão vistos ao longo deste artigo.

Quando ocorreu o avanço da medicina?

Como visto, a história da medicina caminha junto com a trajetória humana, pois ela aconteceu desde as civilizações mais antigas, chegando aos dias de hoje.

Assim, como visto anteriormente, vários povos contribuíram para que a medicina fosse evoluindo para ser o que é hoje em dia

Porém, a evolução da medicina foi ainda mais nítida durante o século XX, pelo fato de que houve diversas mudanças proporcionadas pelo avanço das tecnologias bem como pelo aprimoramento técnico.

Ou seja, o avanço da medicina ocorreu realmente devido às tecnologias que foram surgindo com o tempo e que permitiram o diagnóstico e tratamento de doenças de uma forma mais rápida e prática.

Como se deu o avanço da medicina no Brasil?

Durante o século XX, a medicina entrou em uma nova era, especialmente pelo fato de existir as clínicas médicas, as tecnologias começaram a evoluir e a anamnese ser considerada a etapa inicial do exame médico dos pacientes.

Assim, houve a evolução dos aparelhos técnicos relacionados à medicina, proporcionando diagnósticos mais acertados nesse período.

Isso foi possível pelo fato de que com os equipamentos novos, os médicos começaram a utilizar recursos que ajudam no diagnóstico, identificando os padrões e sintomas que não eram vistos antes, o que foi essencial para a evolução da medicina e da própria ciência.

Dessa forma, os avanços da medicina no Brasil e no mundo aconteceram devido a chegada dos equipamentos que facilitam o diagnóstico, aumentam a qualidade de vida das pessoas bem como a longevidade da população.

Qual a importância do avanço da medicina?

avanco da medicina medico paciente

Os avanços da Medicina junto com as novas tecnologias proporcionam, como dito anteriormente, um diagnóstico de doenças mais rápido, bem como a possibilidade de cura dessas doenças.

Por isso, a medicina e a tecnologia, juntas, têm dado grandes passos rumo a novidades para prevenir e tratar doenças graves, bem como um aumento na expectativa de vida mundial.

Por isso, os avanços da medicina são tão importantes para todos nós, pois, com eles, os médicos podem descobrir e tratar doenças que até pouco tempo atrás não tinham nenhum tratamento.

Quais as mudanças que o avanço da medicina traz para a sociedade?

Está muito claro que o mundo tem passado por diversos descobrimentos tecnológicos, inclusive na medicina.

Dessa forma, todos os dias surgem novas tecnologias que mudam o modo que os médicos agem nos casos clínicos bem como casos cirúrgicos.

Por isso, os avanços na medicina, especialmente devido às novas tecnologias, ajudaram muito a sociedade devido a essas novas descobertas tecnológicas.

Algumas mudanças foram:

  • Atenção básica de saúde;
  • Cirurgia e transplante de órgãos;
  • Medicina preventiva;
  • Realidade Virtual;
  • Impressora 3D;
  • Epigenética.

Qual a importância do avanço da medicina para a taxa de mortalidade?

Hoje em dia, os atendimentos estão sendo cada vez mais humanizados, pois estão sendo oferecidos serviços de atenção integral ao paciente.

Assim, o objetivo dos cuidados médicos vão além de somente curar as doenças, mas oferecer uma melhor qualidade de vida e também promover o bem-estar físico, mental e social.

Assim, a tecnologia e os avanços da ciência foram essenciais para o crescimento da medicina preventiva, e com isso foi reduzindo a taxa de mortalidade no país.

Isso porque, os médicos agora estão mais atentos a fatores como:

  • Envelhecimento da população;
  • Maior preocupação dos pacientes com hábitos de vida saudáveis;
  • Flutuação nas taxas de mortalidade infantil;
  • Desenvolvimento de aplicativos para monitoramento da saúde;
  • Aplicação de softwares para gestão de consultórios e clínicas;
  • Preocupação com o uso racional de recursos;
  • Desenvolvimento de métodos diagnósticos e de tratamento mais ágeis e confiáveis.

Qual foi o verdadeiro marco na evolução tecnológica da humanidade?

O grande marco para a evolução tecnológica foi a Revolução Industrial que aconteceu no século XVIII, onde a tecnologia mudou todo o mundo, especialmente devido ao crescimento das indústrias e outras áreas.

Já no século XX, as tecnologias inovaram as telecomunicações, criaram os computadores pessoais, surgiu a internet, e houve diversos avanços como nanotecnologia e biotecnologia.

Tudo isso influenciou muito os avanços da medicina, pelo fato de que tais tecnologias são essenciais para os procedimentos médicos que temos nos dias de hoje.

Assim, com essas tecnologias surgiram:

  • Computador programável;
  • Eletrocardiograma ;
  • Raio-x;
  • Telescópio eletrônico;
  • Ressonância Magnética;
  • Tomógrafo;
  • Impressora 3D;
  • Robôs-cirurgiões;
  • Nanorobôs, entre outros.

Conheça os 8 principais avanços da medicina

avanco da medicina discussao medica

Agora vamos falar sobre os principais avanços da medicina.

1. Telemedicina

Aqui a relação médico-paciente é feita a distância e utiliza diversas ações de forma remota.

Assim, o atendimento é feito por meio de uma plataforma, onde o médico consegue visualizar os exames do paciente de qualquer lugar, e assim ele pode emitir um laudo mesmo à distância.

Além disso, a telemedicina ajuda a reduzir os custos das clínicas e dos hospitais.

2. Cirurgias robóticas assistidas

A cirurgia robótica já é uma realidade e ajuda os procedimentos serem mais seguros e menos invasivos aos pacientes.

Esse tipo de cirurgia é realizada por estruturas robóticas comandadas por um especialista, e que permite que o médico consiga visualizar dentro do paciente por meio das câmeras que geram imagens tridimensionais.

Outro benefício desse tipo de cirurgia está no fato de que os braços robóticos não geram nenhum tipo de tremor, e possibilitam uma rotação de 360 graus.

Dessa forma, a cirurgia é feita com muito mais precisão e permite que procedimentos de alta complexidade sejam realizados.

3. Prontuário eletrônico

Com eles, todos os dados cadastrais e informações dos pacientes ficam armazenados em uma nuvem, que pode ser acessada por vários profissionais de qualquer lugar que eles estejam.

Isso facilita o trabalho e a integração de uma equipe multidisciplinar.

4. Impressão de órgãos 3D

A bioimpressão de órgãos em 3D pode até parecer algo de filme de ficção científica, entretanto isso é uma realidade.

Assim, ao invés de utilizar tinta comum, esse tipo de impressão usa biotintas, as quais têm células, proteínas e outros elementos biológicos na sua composição.

E, mesmo os cientistas tratando este assunto com cautela, já existem órgãos artificiais como rins, pâncreas e coração em desenvolvimento, e tudo indica que isso será muito importante para a medicina e o tratamento de doenças desses órgãos.

5. IoT médica

A chamada internet das coisas- IoT, está relacionada à conexão de objetos do dia a dia com a internet.

Na medicina, ela é muito importante para o monitoramento de pacientes, especialmente portadores de doenças crônicas.

Isso porque, com os wearables é possível fazer a coleta de informações como pressão arterial, níveis de glicose no sangue, frequência cardíaca, entre outros.

Assim, essa tecnologia ajuda a controlar e monitorar o paciente fora dos consultórios, ou seja, em seu  dia a dia.

Por isso, os avanços tecnológicos da medicina são fundamentais para prevenir doenças e promover saúde e bem-estar.

6. Diagnósticos personalizados

Atualmente, a maior parte dos tratamentos e medicamentos são desenvolvidos levando em consideração os dados coletados de pessoas com características comuns.

Entretanto, tais tratamentos também são aplicados em pacientes com genética completamente diferente.

Isso porque, devido ao armazenamento e compartilhamento de informações pela internet, hoje em dia os médicos conseguem obter informações bem mais precisas sobre seus pacientes e suas patologias, levando a diagnósticos mais personalizados.

7. Medicamentos personalizados

Seguindo o raciocínio anterior, em pouco tempo irá existir uma base muito mais completa para desenvolver tratamentos específicos e obter resultados muito mais eficazes.

Assim os avanços tecnológicos na medicina irão ajudar muito os profissionais da área entenderem as doenças de cada paciente e desenvolver um atendimento personalizado com medicamentos específicos para ele.

8. Vacina

A vacina é uma forma simples, segura e eficaz para proteger as pessoas contra doenças antes mesmo da pessoa entrar em contato com elas.

Isso porque elas conseguem ajudar o sistema imunológico a produzir anticorpos, do mesmo modo que ele faz quando tem contato com a doença.

Assim, as vacinas não causam a doença, muito menos colocam as pessoas em risco, pois, quando você recebe a vacina seu sistema imunológico responde da seguinte forma:

  • Reconhece o microrganismo invasor, como o vírus ou a bactéria;
  • Produz os anticorpos específicos para combater as doenças;
  • Memoriza a doença e como combatê-la.

Quais são as perspectivas da Medicina para o futuro?

A medicina do futuro pode ser considerada a evolução do conhecimento médico atrelado ao desenvolvimento e domínio das tecnologias de ponta.

Essa nova medicina possui diversas que ajudam os pesquisadores e os profissionais da saúde a:

  • Embasar decisões e assegurar diagnósticos mais precisos e rápidos;
  • Desenvolver tratamentos com mais acurácia, efetividade e segurança;
  • Prever o aparecimento de doenças;
  • Detectar precocemente um agravo à saúde ou evitar sequelas graves;
  • Realizar exames mais completos e em tempo real;
  • Procurar procedimentos minimamente invasivos;
  • Desenvolver linhas de investigação nas áreas de doenças infecciosas através de vacinas com menos reações adversas;
  • Realizar pesquisas sobre envelhecimento saudável e rejuvenescimento, nutrição alimentar e manutenção terapêutica das doenças crônicas.

Conheça a Conexa Saúde

A Conexa Saúde, por meio das novas tecnologias, promove o aumento da produtividade dos atendentes e consequentemente melhora o atendimento dos seus pacientes.

Por isso, o seu atendimento, com a utilização da tecnologia:

  • Reduz o tempo de espera;
  • Diminui os custos com funcionários;
  • Não possui a limitação de erros humanos;
  • Padronização das atividades;
  • Aumenta a eficiência dos atendimentos;
  • Melhora a satisfação dos clientes;
  • Melhora o acompanhamento dos pacientes de forma mais eficaz.

Assim as vantagens de utilizar essa associação são muitas, pois ela ajuda a otimizar o tempo bem como melhorar o atendimento.

Conclusão

avanco da medicina equipe

Neste artigo foi falado sobre a importância das novas tecnologias para o avanço da medicina, além de destacar perspectivas para o futuro.

Entre as várias tecnologias usadas podemos destacar a telemedicina, que aumentou muito o alcance de serviços de saúde no Brasil pois ela oferece  laudos à distância de forma segura e eficaz.

Além dela podemos citar as cirurgias robóticas assistidas, prontuário eletrônico, vacina, entre tantos outros avanços que ocorreram na medicina nos últimos anos.

Fonte: blog.conexasaude.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *