Pular para o conteúdo

Redução de estômago: confira o que é e quais os tipos

redução de estomago

A redução de estômago é uma cirurgia que tem o objetivo de modificar o tamanho do estômago para reduzir a quantidade de comida que o estômago suporta ou a quantidade de nutrientes que o corpo absorve.

Confira mais a respeito dessa cirurgia no artigo abaixo:

O que é cirurgia de redução de estômago?

A redução de estômago, também chamada de cirurgia bariátrica, é uma cirurgia que visa reduzir o tamanho do estômago ou o percurso pela qual as calorias e nutrientes são absorvidos.

Dessa maneira, ela possui o objetivo de reduzir as calorias absorvidas pelo corpo, seja reduzindo a quantidade de comida ingerida ou os nutrientes e calorias absorvidos.

Além disso, na maior parte dos tipos, ela é uma cirurgia muito invasiva, o que faz com que ela seja utilizada apenas como último recurso ou quando a vida da pessoa está em risco devido à obesidade.

Essa cirurgia também necessita de um conjunto de profissionais responsáveis por realizar uma avaliação conjunta e aprovar ou não a cirurgia.

Como é feita a redução de estômago?

A redução de estômago consiste em uma cirurgia responsável por reduzir o número de calorias absorvidas pelo corpo.

Isso pode ser feito através da redução do estômago em si ou através de outros tipos de procedimentos que possuem o intuito de reduzir o número de calorias absorvidas pelo corpo.

O tipo de cirurgia a ser executada dependerá do cirurgião responsável e do paciente, visto que eles são responsáveis por escolher qual delas realizar.

Sendo assim, conheça os diferentes tipos de cirurgia de redução de estômago:

banda gastrica

Banda gástrica

Essa cirurgia de redução de estômago é a forma menos invasiva disponível. Ela consiste em colocar um dispositivo que possui um formato anelar em volta do estômago.

Dessa forma, ela é responsável por reduzir o tamanho do estômago, o que contribui para uma menor ingestão de alimentos.

Dentre todas as cirurgias bariátricas, essa é a que oferece menos riscos para o paciente e tem o menor tempo de recuperação. Porém, seus resultados podem ser piores que as outras alternativas.

bypass gastrico

Bypass gástrico

Esse é um tipo de redução no qual o cirurgião remove grande parte do estômago e depois a liga ao intestino com o objetivo de reduzir seu tamanho e como consequência reduzir a quantidade de calorias absorvidas por ele.

O bypass garante ótimos resultados de redução de peso, porém é uma cirurgia mais arriscada e possui uma recuperação mais demorada.

gastrectomia vertical

Gastrectomia vertical

O procedimento de gastrectomia vertical consiste na remoção de grande parte do estômago de modo que ele fique bastante estreito.

Assim como as demais, ela também visa reduzir a quantidade de calorias absorvida pelo corpo, o que consegue fazer com êxito.

derivação biliopancreatica

Derivação biliopancreática

Esta cirurgia é semelhante ao bypass, visto que ela promove a remoção de grande parte do estômago, sendo que seu diferencial está no fato de também remover grande parte do intestino delgado.

Isso faz com que haja um desvio no caminho percorrido, fazendo com que os alimentos só entrem em contato com os sucos gástricos ao final do processo digestório.

Sendo assim, esse procedimento consegue reduzir grande parte das calorias absorvidas pelo corpo, porém ele também reduz a absorção vitamínica.

Desse modo, essa cirurgia contribui bastante para a redução do paciente, porém, em contrapartida, ela reduz a quantidade de vitaminas absorvidas pelo corpo.

O que faz com que seja necessário um acompanhamento médico, a fim de que ele possa receitar quaisquer vitaminas que venham a sofrer déficit devido a esse motivo.

Indicações

A cirurgia de redução de estômago é recomendada para pacientes que sofram de obesidade, de modo que tenha sua vida impactada devido a isso.

Além disso, ela costuma ser recomendada apenas para pacientes que mesmo após várias tentativas de emagrecer e dietas não conseguiram reduzir o sobrepeso.

Desse modo, ela só é recomendada para pacientes que sofram uma redução em sua qualidade de vida ou corram risco de vida devido ao sobrepeso.

A cirurgia não é indicada em casos de:

  • Transtornos que façam o paciente comer exageradamente;
  • Consumo de drogas ou bebidas alcoólicas;
  • Doenças cardíacas ou pulmonares graves;
  • Hipertensão;
  • Doenças inflamatórias do sistema digestivo, como a síndrome de Crohn;
  • Sofrer síndrome de Cushing.

Cuidados pós-procedimento

Após a realização da cirurgia, é recomendado que o paciente continue fazendo acompanhamento médico, nutricional e psicológico, para que possa ser feito todo o acompanhamento necessário.

Isso se faz necessário pelo fato de que somente com esse acompanhamento o paciente consegue garantir o total sucesso da cirurgia, assim como a manutenção de seus resultados.

Redução de estômago valor

Assim como outros procedimentos, a cirurgia de redução de estômago não possui um valor fixo, ele pode variar de acordo com a clínica, profissional, região e tipo de cirurgia escolhida.

Dessa maneira, para se obter o melhor preço é importante realizar uma pesquisa de preço e comparar os valores a fim de decidir o que lugar possui o melhor valor.

Apesar de não ser possível estabelecer um preço fixo, é possível dizer um preço médio. Esse preço médio costuma variar até R$ 50.000 (cinquenta mil reais), em alguns casos podendo ultrapassar este valor.

Porém, ainda é possível realizar essa cirurgia de forma gratuita pelo SUS, confira abaixo quais são os requisitos.

É possível fazer redução de estômago pelo SUS?

O SUS pode sim cobrir a cirurgia bariátrica de um paciente, porém quando feito pelo SUS o paciente deve:

  • Ter um cartão do SUS;
  • Ter de 16 a 65 anos de idade;
  • Sofrer de obesidade mórbida.

Portanto, somente ao atingir esses 3 requisitos é possível solicitar a realização da cirurgia de forma gratuita pelo Sistema Único de Saúde.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

Confira também: Implante anticoncepcional: como funciona e quanto custa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.